Montanhas incas

Casas de adobe no caminho inca subo a montanha e desço ao Vale Sagrado Rio Uribamba embebeda este povo camponês tampouco demarca terras inférteis As queuñas, primas do cedro, vivem no alto porque alta vivem Abraço o menino cusquenho e sua lhama me olha de soslaio meio aquele olhar 43 que nunca fui pescar o significado. Algo me diz que as montanhas e quem vive nelas são mais...

Inverno

É um prazer ficar olhando o céu sem nuvens  no inverno e ver o sol se por  levando seu calor para o outro lado do mundo. E é confortável saber que a mecânica dos planetas fará a terra dar uma volta em si mesma trazendo de volta os feixes de sol logo de manhãzinha. A massa polar invade o trópico...

Na Casapueblo 

É uma casa muito engraçada e fica na testa de um penhasco que olha para os glaciais do sul. Sarges chegou lá a pé desvencilhando-se do grupo de turistas que chegavam em blocos em vans, micro-ônibus, entravam em blocos na casa, fotografavam em bloco e iam embora em bloco em seus automóveis. O local e a casa são únicos,...
Visitar o Jardim Botânico do Rio foi trazer à lembrança a profissão de jardineiro que nunca fui e a de dom João VI que nunca sonhei ser.  Percorri as alamedas  de Palmeiras Imperiais, conheci as ruínas da antiga fabrica de pólvora e sorvi um cheiro de um Brasil imberbe saindo das fraldas. Mas o cheiro que falo aqui não...
O espírito alegre do carioca está impregnado nas manhãs da praia de Copacabana. E graças a Deus essa alegria não é  lavada pelo mar da corrupção, do suborno e da violência que avançou sobre a areia, calçada e asfalto. Essa alegria é injetada também na veia de quem chega à cidade com uma taxa de descrença acima do natural,  acrescida...